Search
Close this search box.

Como escrever uma crítica jornalística

Junte-se aos mais de 12.342 comunicadores

Inscreva-se em nossa newletter e receba conteúdos exclusivos de comunicação

Picture of Daniella Mendes

Daniella Mendes

Uma crítica jornalística, seja de cinema, peça teatral ou livro, deve ser feita com segurança e muito estudo. Por isso, quanto mais conteúdo e assertividade a crítica tiver, mais forte ela será.

Para produzir uma crítica jornalística de qualidade, é preciso dedicação e cuidado. Assim, o jornalista irá produzir um conteúdo rico em informações e que desenvolve o senso crítico do leitor.

Sobretudo, é preciso ressaltar que uma crítica jornalística não deve sempre ser negativa, visto que ela tem o objetivo de informar o leitor sobre aspectos fortes e fracos do filme.

Como escrever uma crítica jornalística
Fonte: Academia do Jornalista

Estude e apure

Os principais materiais estudados por críticos envolvem o objeto que está sendo criticado.

Por exemplo, se o objeto sendo criticado é um filme, é preciso estudar sobre história do cinema, comunicação visual e indústria audiovisual. Os nomes de atores, diretores e produtores são importantes, mas saber o contexto deles na indústria é essencial para saber o objetivo de cada um na produção. Um exemplo de crítica que o conhecimento da produção teve grande importância foram nas críticas de “Não, não olhe!”

Conheça o seu público

O público da produção raramente é o público que consome críticas jornalísticas. Geralmente, o público de uma produção busca entretenimento, enquanto o público de críticas busca conhecimento e informação. 

O crítico deve olhar a produção com a visão crítica, mas também se colocar no lugar do público quando as produções são comerciais.

Assim, o jornalista dialoga com ambos interesses, o intelectual, que envolve a qualidade cultural da produção, e a mercadológica, que mostra os desejos do público.

Escolha o canal de publicação

Sobretudo, o canal de publicação da crítica jornalística precisa ser suficiente para suprir a demanda de conteúdos do jornalista.

A Academia do Jornalista incentiva a criação de um blog, onde você tem a liberdade de publicar seus conteúdos e registrá-los em uma plataforma, seja Wix ou WordPress.

No entanto, o Medium pode ser um local mais acessível, para quem tem limitações tecnológicas, colocar o seu conteúdo. 

Para saber mais sobre produção de conteúdo e textos jornalísticos, continue acompanhando a Academia do Jornalista.

2 respostas

    1. Que alegria, Marlene. Seja bem vinda.
      Te espero em nossas outras mídias sociais e também em nossos cursos.

      Até as próximas pautas.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *