Quando posso fazer um texto em primeira pessoa?

Quando posso fazer um texto em primeira pessoa?

O jornalismo clássico pede um texto em terceira pessoa para ficar menos pessoal possível, mas podemos usar a primeira pessoa em alguns casos. Toda a linguagem do texto depende do objetivo do seu objetivo.

Gênero jornalístico

Jornalismo não é só notícia, isso deve ficar claro. Jornalismo é a coleta de dados e a distribuição de informações atuais. Da mesma forma que uma notícia é jornalismo, um artigo de opinião que fale sobre a fome também pode ser.

Os gêneros jornalísticos são diversos , porque a linguagem jornalística é muito maior do que imaginamos.

Uma notícia jornalística não deve ser escrito em primeira pessoa, principalmente se for um assunto mais sério, como decisões políticas, acidentes e saúde.

Já uma crítica de artes, como cinema e música, não tem problema, desde que seu chefes estejam de acordo. Também é caso da crônica jornalística, que pode um texto em primeira pessoa, pois se trata de um relato.

Ambiente de trabalho

Além do gênero, a liberdade de escrita varia de trabalho para trabalho. Aqui na Academia do Jornalista, por exemplo, me sinto confortável para produzir textos em primeira pessoa depois de meses de trabalho. Isso acontece porque sei que isso não faz perder a qualidade do texto e ajudar na didática do texto.

Por isso, é importante conversar com seus chefes e entende sobre as expectativas deles em relação ao seu trabalho. Além disso, é importante entender a dinâmica de trabalho, como os motivos daquela produção e o público-alvo. Dessa forma, você poderá entregar trabalhos mais relevantes para o local de trabalho.

O tempo no ambiente de trabalho também é importante, pois não é estratégico colocar o texto mais pessoal logo nas primeiras semanas. Mostre que domina o texto e passe credibilidade antes de colocar o seu texto em primeira pessoa.

Por fim, vale lembrar que ter bom senso é crucial na hora de decidir se coloca o texto em primeira pessoa ou não.

Related Articles

Responses

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você quer se tornar o candidato mais disputado pelas empresas de comunicação