Produção de Texto Jornalístico

Diferenças entre Gêneros Textuais Jornalísticos

Fernanda Felix
Escrito por Fernanda Felix em 3 de novembro de 2016
Junte-se a mais de 12.749 pessoas

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos

Os gêneros textuais jornalísticos e tipos textuais podem ser confundidos quanto a sua função, pois muitos acreditam que os dois, no fim das contas são a mesma coisa.

Ebooks

Modelo de como estruturar uma Notícia para Web

É importante que o jornalista descubra as diferenças entre gêneros e tipos de textos, porque isso fará toda a diferença na hora de interpretar corretamente um texto.

O que caracteriza os gêneros textuais jornalísticos:

O Gênero Textual está diretamente relacionado com as diferentes formas de comunicação por meio da escrita ou da fala. Ele expressa as manifestações culturais, o conhecimento e ideias de cada ser.

O gênero textual pode ser literário ou não, e está sujeito a possibilidade de surgir um novo estilo.

Na literatura, temos como exemplo de gêneros: contos, poesia, crônica, prosa, poema, entre muitos outros. Já no nosso dia a dia o gênero textual se manifesta por meio de hábitos comuns como: e-mails, cartas, e conversas ao telefone.

Saiba mais em: academiadojornalista.com.br/fundamentos-do-jornalismo/como-escrever-uma-reportagem-jornalistica/

Diferenças entre gêneros e tipos de textos

Não existe um número preciso de tipos de texto presente no jornalismo. Apesar de estarmos acostumados a ouvir sempre sobre cinco tipos textuais que são os que se destacam entre os mais utilizados, há na verdade uma quantidade infinita de possibilidades.

Entre os mais conhecidos estão: dissertativo, argumentativo, narrativo, descritivo e injuntivo.

Falaremos um pouco sobre as principais características de cada um deles com a finalidade de uma fácil compreensão na hora de definir qual será o tipo utilizado em seu texto e saber estabelecer as diferenças gêneros textuais jornalísticos e tipos de textos. 

Dissertativo: É um texto temático. Existe um tema a ser abordado e desenvolvido. O verbo está no presente, e geralmente, é utilizada a primeira pessoa do plural – nós. É necessário interpretar o que se escreve, argumentando. Um texto de análise, interpretação de fatos reais com o objetivo de ser informativo.

Argumentativo: É o texto que tem como objetivo convencer o leitor sobre determinado assunto.

Narrativo: As narrativas são uma sequência de acontecimentos, reais ou imaginários. Podemos contar fatos que marcaram a nossa infância ou qualquer acontecimento que queremos registrar por meio da escrita – texto. O tempo de verbo usado na narrativa é o passado.

Descritivo: É contar com detalhes sobre um objeto ou pessoa, por exemplo. Encontramos o uso predominante do adjetivo. O texto descritivo pode ser denotativo ou conotativo.

No sentido denotativo usamos a linguagem clara e objetiva. Já no sentido conotativo usamos várias figuras de linguagem dando sentido figurado e até mesmo pejorativo.

Injuntivo ou Instrucional: são textos que ensinam a fazer algo e que indicam a realização de uma ação. Exemplo: bula de remédio, receita culinária, manuais, leis, entre outros.

Na rotina do jornalista, gêneros textuais e tipos textuais estarão sempre presentes, e combinados de diversas formas. Para se destacar, o profissional deve criar um estilo pessoal criativo, aproveitando as opções teóricas que essas ferramentas proporcionam.

Ebooks

Modelo de como estruturar uma Notícia para Impresso

Hey,

o que você achou deste conteúdo? Conte-nos comentários.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

11 Replies to “Diferenças entre Gêneros Textuais Jornalísticos”

JANAINA RIBEIRO

Adorei o texto. Bem objetivo e claro 🙂

Fernanda Felix

Obrigada Janaína, fico em feliz em ter dado dicas úteis. Qualquer coisa, só nos escrever.

Até a próxima pauta ;D

Alexis

Parabéns!
Ainda não sou jornalista,mas pretendo.
Participo da Pascom(Pastoral da comunicação).,essas dicas ajudam bastante .

Fernanda Felix

Olá Alexis, é um prazer tê-lo aqui no nosso blog. Ficamos muito feliz com a sua satisfação, volte mais vezes e aproveite, conheça nossas outras mídias: Instagram, YouTube e a Fan Page.

Muito bom poder ajudar quem tá começando nessa linda graduação.

Abraço.

Carlos Jr

Ótimo material,parabéns.

Fernanda Felix

Fico feliz que tenha gostado do conteúdo, temos mais materiais no YouTube e na Fan Page, aguardo você por lá. Abraço.

Até a próxima pauta.

Camila

Qual a diferença entre matéria e reportagem?

Fernanda Felix

Olá Camila.
Em resumo, a matéria é uma reportagem, porém com mais detalhes que uma notícia. A reportagem se trabalha com mais dados, fontes, entrevistas, contextualização de históricos do assunto tratado, já a notícia é uma matéria menor, com foco no presente, um relato sobre algo que aconteceu recentemente, ou está acontecendo, ou simplesmente pode acontecer. Matéria, são os dois, a diferença somente se encaixa no tamanho, não posso dizer que reportagem é uma matéria, se notícia também seria, por isso discrimino a reportagem, por ela ser mais extensa, porém ambas são uma matéria jornalística.

Ex: Matéria da reportagem.
Matéria da notícia.

Espero ter esclarecido, um abraço e até a próxima pauta.

Camila

Não entendi o último paragrafo…

Pedro

Qual é o tipo de texto mais usado nos mídias Pelos jornalistas e porquê??

Fernanda Felix

Os mais usados são os Narrativos e Descritivos, pois são os gêneros presentes na Notícia e/ou Reportagem.