Marketing Pessoal

Conheça os pontos positivos e negativos de ser um Freelancer

Fernanda Felix
Escrito por Fernanda Felix em 11 de maio de 2017
Junte-se a mais de 12.749 pessoas

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos

As mudanças no mercado, resultam em profissionais que cogitam ser um Freelancer. A dificuldade de recém formados em se estabelecer na área também fazem esse método crescer.

Há quem diga que ser um Freelancer representa o cenário do futuro. Mas é preciso pensar sobre as vantagens e desvantagens de investir no home office, e no trabalho feito por conta própria.

Diante dessa realidade, vamos abordar características positivas e negativas do jornalismo feito pelo Freelancer.

Também iremos explorar os pontos importantes que devem ser pensados e planejados por quem quiser utilizar este modelo de trabalho.

Ebooks

Modelo de Currículo para Jornalista

Ser um Freelancer: Suas vantagens

Ser um Freelancer possibilita que o jornalista crie seu próprio horário de expediente. Além disso, há a liberdade de definir o ambiente de trabalho.

Esses quesitos podem facilitar a produtividade, porque o indivíduo irá moldar seu modo de trabalho conforme parâmetros pessoais.

Produzir em um local que lhe faça bem e otimiza a concentração. Isso vai refletir na produção de conteúdo mais ágil e eficiente.

Optar por ser um Freelancer também pode resultar em mais tempo livre, para ser administrado da forma que o jornalista quiser.

Com a internet, o profissional também tem a possibilidade de poder fornecer serviço para clientes de outras localidades. Até mesmo cumprir o deadline dos serviços durante viagens.

A liberdade de trabalhar para si mesmo viabiliza a ideia de estar em diversos projetos distintos ao mesmo tempo.

O jornalista poderá entrar em trabalhos não só para compor sua renda, como também investir em ideias pessoais que precisam de uma demanda maior de tempo. Opção muitas vezes impossível quando o jornalista está em um emprego fixo.

Desvantagens de ser um Freelancer

Uma das desvantagens de ser um Freelancer está na instabilidade financeira. É comum que os trabalhos sejam a curto prazo. Isso significa que dificilmente haverá um volume de serviço padrão.

O jornalista precisa ficar atento aos seus gastos, para evitar ter problemas financeiros. Calcular sempre o valor de despesas primordiais e manter algum dinheiro reserva para emergências.

Contratar um freelancer pode representar gastos menores para empresas. Isso porque um funcionário fixo tende a ser um serviço mais caro. Já no lado oposto, ser um freelancer pode acarretar em prejuízo, se for pensar pelos benefícios extras.

O Freelancer tem que arcar totalmente com transporte, alimentação, saúde e previdência. Isso quer dizer que ao receber de um serviço, é necessário pensar nesses quesitos. Isso pode representar prejuízo ao profissional, pois não há outra fonte que seja responsável por essas despesas.

Outra desvantagem, é a grande quantidade de profissionais trabalhando de modo Freelancer. Além de competir com o trabalho formal, o jornalista precisa ir sempre em busca de diferenciais, para ter um perfil profissional mais atrativo. O Freelancer deve estar sempre se atualizando, para não ser ofuscado no mercado.

Ebooks

Planejamento de Carreira pra Jornalista

Ebooks

Modelo de Portfólio

Hey,

o que você achou deste conteúdo? Conte-nos comentários.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *