Radiojornalismo na Era Digital

Radiojornalismo na Era Digital

Quanto mais o tempo passa, mais os jornalistas se preocupam com o futuro do Radiojornalismo na Era Digital. A morte do rádio assombra os jornalistas que amam a mídia. 

Uma das características mais marcantes do rádio quando ele chegou foi a velocidade. Diferente do jornal impresso, que a notícia demorava um dia para ser publicada, o rádio comunicava a notícia na hora.  

Com a chegada da TV o radiojornalismo passou por crise, pois os melhores jornalistas estavam nas emissoras televisivas. A crise não durou muito tempo, porque as emissoras de radio agora tinham acesso as agências de noticia. Além disso, os radialistas investiam em equipamentos de qualidade sonora, deixando a informação em áudio em boa qualidade. 

O cenário mudou com a chegada da internet, pois uma mídia inovadora havia surgido. O medo da televisão, do jornal impresso e do rádio era de perderem seu público, mas a Era Digital se tornou uma grande aliada. 

Era Digital como aliada ao Radiojornalismo 

Como dito acima, o rádio se tornou inovador por causa de sua velocidade, mas a internet é mais rápida. Contudo, as novas mídias surgem para aperfeiçoar e desenvolver a sua tecnologia.  

Na Era Digital o Radiojornalismo tem uma infinidade de informações para acessar e gerar conteúdos de boa qualidade 

De acordo com Nélia Del Bianco, “Na contemporaneidade, a internet desafia a produção de notícias no rádio. Ao servir para a redação como um canal de acesso em tempo real a um número incalculável de fontes, agências de notícias, portais e jornais on-line.” 

Radiojornalismo da Era Digital passa por evoluções tecnológicas essências para o aperfeiçoamento da mídia. Por exemplo, um jornalista pode fazer uma entrevista usando um celular, editar em alguns minutos, enviar para a emissora e já ser publicada. Dessa forma, o Radiojornalismo já se encontra mais versátil até que o telejornalismo.  

Além disso, temos também o podcast, que é uma mídia alternativa para quem gosta da versatilidade do rádio, mas que gostaria de ouvir a programação assíncrona. Ou seja, ouvir a programação no momento que desejar. 

Por fim, o Radiojornalismo irá se adaptar ao mercado da Era Digital.  

Aliás, compartilhe esse artigo com um estudante de jornalismo que esteja ou vá estudar rádio na faculdade. 

Related Articles

Responses

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você quer se tornar o candidato mais disputado pelas empresas de comunicação