Plano de carreira: trajetória e foco

Plano de carreira: trajetória e foco

Você tem noção sobre o que quer pra si? Seus planos de curto, médio e longo prazo? O que quer ser profissionalmente? E outras séries de perguntas chave para poder começar a definir seu Plano de carreira de forma assertiva e fluida.

Não se esqueça que todas estas respostas precisam ser construídas em cima do que você é, de como você age, e não só do que você quer, ou ACHA que quer.

A carreira é a nossa trajetória profissional, nosso aprendizado, conquistas e experiências.

Porque expliquei este ponto? Para que você possa compreender melhor onde e como incluir o plano de carreira no seu dia a dia.

O plano de carreira é o passo a passo, a caminhada que devemos trilhar para termos uma carreira próspera, não só em remunerações, mas em imagem (status) e principalmente realização pessoal.

Poucos dão atenção a este ponto de realização pessoal, mas é o ponto primordial para o motorzinho que te faz exercer sua carreira funcione diariamente e muitas vezes fora do horário normalmente determinado.

  • Você tem um objetivo? Qual?
  • Ele é baseado no seu perfil (autoconhecimento)?
  • Ele está dentro do passo a passo do seu plano de carreira?

Quais elementos para o plano de carreira?

  1. Autoconhecimento
  2. Objetivos
  3. Motivação
  4. Necessidades
  5. Planejamento
  6. Marketing Pessoal

Muitas pessoas pedem auxilio de um profissional, para orientar e ajudar a definir estes pontos corretamente, mas outros tentam sozinho.

Mas quem quiser minha ajuda, só me mandar um e-mail

A maior dificuldade, diria até a inicial das pessoas que me contratam para fazer o plano de carreira, é em cima do PROPÓSITO (exclua a base religiosa de imediato – depois podemos retornar a ela).

O termo propósito é muito trabalhando em cima do que Deus quer pra nós, porém é possível enxergar também em outras nuances, como no próprio Marketing.

Related Articles

Responses

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você quer se tornar o candidato mais disputado pelas empresas de comunicação