Search
Close this search box.

Twitter e o jornalismo colaborativo

Junte-se aos mais de 12.342 comunicadores

Inscreva-se em nossa newletter e receba conteúdos exclusivos de comunicação

Daniella Mendes

Daniella Mendes

O twitter é uma rede social que tem como proposta o compartilhamento de informações, pessoais ou não, em 280 caracteres.

Um tipo de informação compartilhado com frequência é a reclamação, de todo tipo. A maioria são irrelevantes, mas conseguimos filtrar muitas informações a partir de reclamações relevantes.

Twitter e o jornalismo colaborativo
Fonte: Academia do Jornalista

Vou exemplificar um acontecimento pessoal para mostrar a utilidade do twitter. Um dia eu estava estudando no meu quarto e comecei a escutar muitos tiros. Logo, entrei no twitter e pesquisei o nome do meu bairro. Em menos de um minutos, os moradores do bairro já estavam tweetando diversas informações sobre o tiroteio, como as motivações, a rua que estava acontecendo e as implicações na comunidade. 

Sendo assim, sabendo pesquisar de maneira certa, podemos coletar informações importantes da comunidade.

Dessa forma, é possível que a rede social seja uma aliada no jornalismo colaborativo, contando com o compartilhamento de informações dos internautas. Assim, conseguimos a diversidade de fontes e de informações. 

Como usar o twitter no jornalismo

O jornalismo pode usar o twitter como grande ferramenta de busca de informações e apurar com cuidado cada uma delas. Ao produzir uma reportagem ou uma matéria, o jornalista pode buscar informações na rede social e inseri-las no seu conteúdo.

Por conta da diversidade e da velocidade, o twitter é uma grande rede de informações compartilhadas pelos usuários. Assim, é possível iniciar uma apuração mais popular com o twitter. 

Além disso, a velocidade das informações compartilhadas no twitter pode também ser uma grande aliada na produção de conteúdos de pautas quentes.

Por fim, podemos usar o público do twitter para estudar o que o público deseja e precisa saber sobre determinada pauta.

Aliás, infelizmente, existem muitas informações falsas, fake news. Por isso, é preciso ter o dobro de cuidado na checagem da informação.

Para saber mais como usar as redes sociais a favor da criação de conteúdo, continue acompanhando o blog da Academia do Jornalista.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *