Quais são os tipos de jornalismo

Junte-se aos mais de 12.342 comunicadores

Inscreva-se em nossa newletter e receba conteúdos exclusivos de comunicação

Daniella Mendes

Daniella Mendes

Podemos dividir os tipos de jornalismo de várias formas, como por temas e mídias, mas trataremos nesse artigo os dois tipos principais de jornalismo: o tradicional e o digital.

Se inscreva no canal!

O objetivo é mostrar como os tipos de jornalismo possuem as suas semelhanças e diferenças. Assim, mostraremos como os temas e as mídias se manifestam em cada plataforma.

Quais são os tipos de jornalismo
Fonte: Academia do Jornalista

Jornalismo tradicional

O jornalismo tradicional engloba o jornal impresso, a rádio e a televisão.

Primeiramente, o jornalismo tradicional é um dos tipos de jornalismo mais estudados no ambiente acadêmico. Além disso, o jornalismo tradicional possui mais relação com tradições em família, como assistir o jornal nacional no final do dia, ouvir rádio enquanto cozinha e cada familiar pegar uma parte do jornal impresso para ler.

Em segundo lugar, o Jornalismo Tradicional usa do ambiente digital para produzir conteúdo. Algumas propagandas do jornal impresso, por exemplo, vem acompanhadas de um qrcode

Por fim, é preciso salientar que as mídias tradicionais não estão acabando. No entanto, a forma que elas produzem conteúdo jornalístico mudou. 

Jornalismo Digital 

O Jornalismo Digital é um dos tipos de jornalismo que mais cresce atualmente. 

Com as mudanças de hábitos da população mundial, o jornalismo passou a ser consumido de outras formas. 

Apesar do Jornalismo Tradicional ser mais simples de consumir, por causa da herança cultural, o Jornalismo Digital é mais versátil

Com o ritmo da cidade, foi preciso ser mais resiliente na forma de consumir conteúdos jornalísticos e o jornalismo digital se encaixa nessa lógica.

Ademais, o jornalismo digital está em constante construção e influenciando o jornalismo tradicional. 

Sobretudo, uma grande vantagem do jornalismo digital sob o jornalismo tradicional é o poder de escolha do consumidor na decisão do conteúdo. Por exemplo, ao ligar a rádio é possível que o ouvinte não se identifique com o narrador. No entanto, o ouvinte pode se identificar com um entre os diferentes narradores de podcast.

Em suma, os tipos de jornalismo divergem e convergem entre si. Indubitavelmente, essa antagonia torna o jornalismo fascinante.

Para saber mais sobre jornalismo digital e os tipos de jornalismo, continue acompanhando a Academia do Jornalista em todas as mídias sociais.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *