SEO para Jornalista: 04 Erros que você Não Pode Cometer

Tempo de leitura: 3 minutos

Para o jornalista poder fazer um bom trabalho, ser visto pela qualidade do que faz na internet, é necessário compreender muito bem as técnicas de SEO para jornalista e o que é julgado errado dentro das tarefas aprendidas.

Ter em mente que a qualidade precisa vir primeiro, e depois todas as técnicas para tornar seu conteúdo visto e encontrado na internet.

CLIQUE e inscreva-se no canal: LINK

Antes de começar a listar os erros é muito importante sabermos um dos conceitos básico de SEO ON PAGE.

“É o ato de distribuir o termo foco de forma organizada e ordeira ao longo do texto.”

Sabendo disso, vamos listar os 4 erros mais comuns que que os jornalistas estão fazendo.

1) keyword stuffing

Já sabemos que é necessário colocar os termos foco dentro de nosso conteúdo, e especula-se que a densidade deste termo deve ser de 3% a 5% do conteúdo, porém muitas pessoas repetem inúmeras vezes o mesmo termo e fazer isso não faz a densidade aumentar positivamente, pelo contrário.

O Google vê com maus olhos essa prática, pois ele tenta manter a qualidade do conteúdo para o seu cliente (todos nós que fazemos consulta no Google). É importante sempre pensar quando é possível e onde é possível incluir essa palavra foco, se perder a qualidade, a coerência do conteúdo, não vale a pena colocar.

Exemplo:

seo para jornalista

2) Conteúdo oculto

Alguns sites permitem que você ponha cor no texto, assim como fazemos no Word, então o Jornalista produz o conteúdo da forma correta e ao final ele repete inúmeras vezes o termo foco e depois o colore com a cor de fundo do site, pois dessa forma o leitor não vai ver o conteúdo.

Mas as pessoas esquecem que o Google é uma ferramenta extremamente inteligente, ele consegue identificar todos erros principalmente dos que querem burlar as diretrizes dele.

E quando ele identifica um “erro”, rapidamente ele pune a pessoa, e quando eu falo punir é que ele tira o ranqueamento e dependendo do erro ele até tira o seu site de exibição,

Já vimos um caso que a pessoa conseguiu fazer todos esses itens errados que citamos em vários artigos, quando o Google identificou, simplesmente tirou o site da pessoa do ar.

seo para jornalista

3) Conteúdo duplicado

Esse é o erro mais simples e mais comum do que se imagina.

Na correria frenética do dia-a-dia de uma redação, os jornalistas acabam copiando os títulos, lides e imagens de matérias dos concorrentes.

Porém o Google consegue identificar essa “duplicata” e “pune” todos os demais que copiam esses itens já existentes antes.

Copiar e colar não é ético e muito menos profissional. Se faltar criatividade procure melhorá-la com táticas que a aguce. Copiar conteúdos dos outros dá processo e com certeza demissão do veículo. Jornalista é feito para criar.

4) Link form

O Link Form se dá quando você troca links entre seus colegas, pois o Google entende que quanto mais links você tiver indicando sua página mais relevante você é.

Porém, quando o Google identifica que os links que você está recebendo, você está “devolvendo”, ele pune, como já explicamos acima qual a punição.

Para ficar mais claro, dá uma olhada nessa imagem.

seo para jornalista

Esses foram os quatro erros que você não pode cometer, um bom desenvolvimento de conteúdo passa por várias áreas e não cometer erros é fundamental no momento de fazê-los encontrados e visíveis.

Que é “errando que se aprende”, sim verdadeI Porém para não precisar errar estamos pontuando esses erros bem comuns da prática de SEO para Jornalista.

A rotina é deslumbrante pelo resultado que o Google oferece para quem saber usar todas as suas técnicas de SEO para Jornalista. Mas sempre há a expertise para conseguir sempre mais, burlando as técnicas, porém com o “Google não cola”.

Preparamos um modelo de release para usar

Para pegar basta por seu nome e e-mail que mandamos  para você em 10 minutos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*