O Que Não Fazer em Uma Reportagem Jornalística

Tempo de leitura: 2 minutos

O primeiro item a se pensar é que a Reportagem Jornalística não é uma notícia jornalística. A reportagem é um gênero jornalístico que necessita de mais informações e tempo de elaboração do que uma simples notícia.

CLIQUE e inscreva-se no canal: LINK

Valendo relembrar que matéria é qualquer conteúdo em texto jornalístico, e não a especificação de uma notícia ou reportagem. Ambas são matérias jornalísticas.

Diferente da notícia, que se trabalha com textos factuais e breves, a reportagem jornalística vai mais a fundo. O texto é mais extenso e apresenta mais fontes e entrevistados.

Tendo entendido esta base importante, note os itens que devem ser levados em consideração para diminuir erros neste conteúdo e trazer reportagens jornalísticas incríveis no seu portfólio.

O Que Não Fazer em Uma Reportagem Jornalística

O Que Não Fazer em Uma Reportagem Jornalística

1. Escolher temas que tem pouco apelo/interesse de leitura

As reportagens jornalísticas são textos jornalísticos que podem ser de interesse em longo prazo.

Procure por assuntos que hoje seja interessante e daqui a um ano também. Além de assuntos que os leitores possam estar precisando de respostas, confirmações e dados de interesse social.

2. Falta de observação ao seu redor

O Jornalista precisa estar sempre atento a sua volta, sejam em viagens, passeios, finais de semana ou durante a rotina do dia a dia com a solução de problemas.

Afinal “o seu problema é o meu problema”. Sempre existem assuntos que devem ser tratados e mostrados ao público. Pois podem ser de interesse público. As reportagens adoram narrar esses assuntos.

3. Pesquisar de forma rasa o assunto

A reportagem jornalística como falamos nos primeiros parágrafos do artigo, é feita de mais detalhes, diferente da notícia jornalística.

Então, pesquisar de forma rasa, sem detalhes, dados, falas (entrevistas), imagens, gráficos acabarão trazendo falta de material condizente a uma reportagem jornalística.

4. Não definir o público alvo

Fazer uma reportagem jornalística que não é de interesse do público alvo do veículo que trabalha ou dos leitores do seu site é como escrever uma carta e o destinatário não ler.

5. Não ter prioridade com a entrevista

Em uma reportagem jornalística, a entrevista e suas comprovações são a alma do negócio. Ela é a parte de dados e detalhes dentro de um assunto.

6. Escrever o texto como se fosse uma notícia

Dar o enfoque somente para as perguntas básicas: o que, quem, como, quando, onde e por que, são questões abordadas na agilidade da notícia, por conter o essencial da informação.

Na reportagem jornalística é diferente, pode conter as perguntas básicas, porém muito mais respostas.

7. Não decidir em qual formato será feita a reportagem jornalística

Será gravado, em texto, retrospectiva… Essa decisão lhe dá a dimensão de trabalho e suas necessidades de pesquisa, busca e dados.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*