Você sabe a Importância do Registro Profissional de Jornalista?

Tempo de leitura: 2 minutos

Para os recém-formados em Jornalismo, ou estudantes em fase final, saber a importância do Registro profissional de Jornalista e como retira-lo é parte das buscas contra o tempo.

Registro profissional de Jornalista

O MTBE (Ministério do Trabalho e Emprego) é o registro profissional de certas categorias de trabalhadores, inclusive dos Jornalistas, que relaciona os dados do profissional ao Ministério do Trabalho, gerado por um número de identificação. Antes chamado de DRT (Delegacia Regional do Trabalho) hoje MTBE ou MTB.

De acordo com a decisão do STF (Supremo Tribunal Federal) com ou sem diploma este registro pode ser feito, infelizmente.

O processo de registro pode ser demorado, por isso verifique sua atual situação e já garanta a solicitação.

Como tirar DRT ou MTBE?

1º passo: Agendar um horário no Sistema de Atendimento Agendado – SAA – inserir seu estado e município.

2º passo: Em “Tipo de Atendimento” solicitar Registro Profissional.

3º passo: Sem seguida aparecerá a lista de unidades de atendimento do município escolhido, com a informação dos endereços, datas e horários disponíveis.

4º passo: Após a escolha, insira os dados pessoais exigidos.

5º passo: Ao final é gerado um comprovante em PDF comm informações referentes ao agendamento. E explicação da próxima etapa.

6º passo: Nesta etapa, acesse Sistema Informatizado do Registro Profissional – SIRPWEB e selecione “Registro Profissional” para preencher a solicitação de registro profissional.

7º passo: Após esses itens, é gerado o Requerimento de Registro Profissional.

8º passo: Imprima e assine. Leve esse documento na data do agendamento junto com os documentos originais e cópias:

– Carteira de Trabalho e Previdência Social (CTPS): páginas do Número, série e qualificação civil;
– Documento de Identificação (RG);
– Cadastro de Pessoas Físicas (CPF);
– Comprovante de Residência;
– Certidão de Casamento (se houver alteração de nome);
– Declaração negativa de ilícito penal;
– Diploma de conclusão de curso superior se houver (devidamente assinado).

O prazo para divulgação é de 10 dias, e pode ser acompanhado pelo SIRPWEB clicando na aba da lateral esquerda “Emitir Cartão de Registro Profissional”.

Lembramos que, mesmo sendo um documento importante, o MTBE não é obrigatório, porém é ser um diferencial para o profissional e essencial em determinados processos seletivos.

E deixamos claro que somos 100% a favor da legitimidade do Diploma em Jornalismo.

Fonte: Casa dos Focas e Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Rio de Janeiro.

Modelo de Currículo para Jornalista

Baixe aqui o seu modelo de currículo, use no seu estágio e durante sua carreira.>

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*