Saiba o papel do Assessor de Imprensa e do Jornalista

Quer receber nossos conteúdos e avisos de cursos por e-mail ?

O sucesso da relação do Jornalista e o assessor de imprensa são baseados na confiança mútua, construída com um trabalho eficiente e estreito.

CLIQUE e inscreva-se no canal: LINK

Iremos destacar neste artigo algumas características que ocorrem durante a troca de informações desta parceria, para que seja fácil compreender a realização de todo o processo, e futuramente a sua escolha de área fim.

O assessor de imprensa tem a função de cuidar da imagem de seu cliente. Isso envolve a preparação de releases, busca de divulgação das notícias para o público-alvo, e gerenciamento de possíveis crises.

Para conseguir bons resultados nestas tarefas, o trabalho do Jornalista é fundamental. É possível afirmar também, que existe a procura no caminho inverso, para obter respostas a essas questões, feito pelos jornalistas.

Quando pensamos em notícias oficiais, a assessoria de imprensa é contatada para enviar dados confiáveis.

Com as redes sociais a comunicação entre jornalistas e assessores se tornou bem mais próxima. É comum que os profissionais se adicionem, interajam e mantenham certo contato via aplicativos.

É uma maneira de manter o networking, com o convívio social nas redes.

Ainda assim, é importante manter formalidades, como o envio e recebimento de e-mails, por exemplo.

Os releases ficam registrados e fáceis de arquivar, para serem localizados sempre que necessário.

Baixe agora o modelo de release que preparamos para você!

Para pegar basta por seu nome e e-mail que mandamos  para você em 10 minutos

 

Acompanhe alguns cuidados básicos que tornam o trabalho entre o jornalista e o assessor mais eficiente:

Assessor de Imprensa

Saiba o papel do Assessor de Imprensa e do Jornalista

  • Envio de releases para as editorias corretas

Para que uma pauta sugerida seja publicada com sucesso, é importante que o assessor envie seu material para a editoria correta. Isso porque, de nada adianta ter contatos com jornalistas envolvidos em uma área que não atende o público-alvo a ser atingido.

  • Domínio do assunto da pauta

Ao escrever um release, as informações devem ficar bem claras para o jornalista. O texto deve ser atrativo, de forma simples e objetiva. Isso evita que a mensagem idealizada pelo assessor seja interpretada e divulgada de modo errado pelo jornalista.

  • Recebimento de e-mails em excesso se torna spam

O envio exagerado de e-mails sobre o mesmo assunto acaba se tornando chato. E se a prática for comum,  o próprio servidor compreende isso como spam.

A ideia vale tanto para o assessor, que está em busca de engatar seus releases, quanto para o jornalista à procura de pautas interessantes.

Não adianta forçar um retorno positivo. Após o envio, é importante ter um intervalo mínimo para a próxima abordagem.

Seja por telefone, ou mensagens, para confirmar o recebimento, ou futuros contatos para acompanhar o andamento.

O título que vem nos e-mails de release pode ser potenciais títulos de matéria, caso o assessor trabalhe bem essa ideia.

Além disso, este é o gancho que pode definir se a pauta enviada é realmente interessante para o público do jornalista, assim que ele recebe o material.

  • Particularidades da parceria

Embora a parceria entre jornalista e assessor seja fundamental para a comunicação, alguns fatores devem ser pensados para se resguardar de possíveis problemas, e matérias rasas.

É importante que o jornalista busque mais fontes, além das informações oficiais que a assessoria fornece, por exemplo.

Para aumentar a credibilidade, é importante que exista mais relatos que afirmem a veracidade das informações, vindas de outras direções.

Diante disso, é importante que o jornalista mantenha a descrição e proteja a origem de informações fornecidas em off.

Em alguns casos, a proximidade entre as duas áreas pode facilitar a tentativa de descobrir fontes ocultas.

Muitas vezes, em momentos de crise de imagem, a assessoria procura descobrir de onde surgiram os dados que não deveriam ser expostos junto a jornalistas que as publicaram.

Abordagens invasivas de ambas as partes podem acabar com parcerias.

Podemos dizer que o jornalista e o assessor de imprensa atuam de forma dependente. E para obter avanços positivos, é necessário que ocorra uma troca de atitudes profissionais alinhadas a ideais próximos: a divulgação da notícia com alto engajamento.

Baixe agora o modelo de release que preparamos para você!

Para pegar basta por seu nome e e-mail que mandamos  para você em 10 minutos

2 comentários em “Saiba o papel do Assessor de Imprensa e do Jornalista”

    1. Olá Fabiana, neste mês teremos um vídeo e um artigo só com essas diferenças.

      Mas, vou lhe adiantar: Em resumo, a matéria é uma reportagem, porém com mais detalhes que uma notícia. A reportagem se trabalha com mais dados, fontes, entrevistas, contextualização de históricos do assunto tratado, já a notícia é uma matéria menor, com foco no presente, um relato sobre algo que aconteceu recentemente, ou está acontecendo, ou simplesmente pode acontecer. Matéria, são os dois, a diferença somente se encaixa no tamanho, não posso dizer que reportagem é uma matéria, se notícia também seria, por isso discrimino a reportagem, por ela ser mais extensa, porém ambas são uma matéria jornalística.

      Ex: Matéria da reportagem.
      Matéria da notícia.

      O Curso que vamos oferecer ainda este ano, vai te ajudar muito nesta diferença, elaborações, exemplos e muita dica do que o mercado exige do Jornalista, espero contar com a sua inscrição.

      Espero ter esclarecido, um abraço e até a próxima pauta.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Workshop Jornalista de sucesso