Domine as Perguntas Abertas em uma Entrevista Jornalística

Tempo de leitura: 2 minutos

Entrevistar é uma das principais funções do jornalista, em busca de coleta de informações relevantes. Um dos formatos mais utilizados são as perguntas abertas, que dão ao entrevistado, espaço para elaborar respostas baseadas em seu conhecimento ou descrição de um fato. 

As perguntas abertas visam dar um pontapé inicial em determinado assunto, para que o entrevistado possa dissertar com propriedade.

Diante dessa necessidade, é importante pensar em frases objetivas, que ajudem a pensar sobre o tema.

Ao iniciar uma pergunta com  “Por que” “Como”, ou “Qual”, haverá um incentivo para análise ou opinião pessoal do indivíduo questionado.

Bem diferente de quando o repórter utiliza perguntas fechadas, que dão a possibilidade de apenas respostas curtas, “sim” ou “não”.

Criação de Perguntas abertas

Antes de fazer qualquer entrevista, é fundamental que o profissional pesquise sobre o entrevistado e o tema da pauta a ser apurada.

Procure saber dados básicos, para não perder crédito.

Demonstrar conhecimento traz confiança, e resulta em uma coleta de informações mais eficaz.

Prepare seu roteiro de perguntas antes de encontrar o entrevistado pessoalmente. Isso facilita o processo de apuração, pois a conversa irá seguir com fluidez.

Defina uma ordem lógica para as perguntas abertas. Se houver menção de assuntos polêmicos, procure mencionar depois de um determinado andamento da conversa.

O entrevistado pode se sentir desconfortável ou ofendido com o questionamento e decidir encerrar a entrevista.

Se o assunto for abordado de início, pode prejudicar todo o roteiro programado para ser respondido.

Se aparecerem dados extras, não exite em improvisar, e incluir novas perguntas. Esteja sempre preparado para dar furos jornalísticos.

O que evitar em entrevistas com Perguntas abertas

Com perguntas abertas, o entrevistado tem a liberdade de desenvolver uma resposta longa, mas pode acabar se perdendo no contexto do assunto, e começar a falar sobre algum tema similar ou relacionado que fugirá do tema central da indagação.

Para evitar que isso ocorra, o jornalista precisa incluir em sua pergunta termos que indiquem onde o assunto deve seguir.

Se o entrevistado começar a se estender mais que o desejado, pense em mais perguntas curtas que complementam o questionamento inicial.

Não induza respostas, lembre-se sempre de comentar o tema central da pergunta, sem pontuar o caminho que o assunto deverá seguir de fato.

 

2 Comentários


    1. Olá Fernando, que ótimo ser ajudado por nosso site. Nos encontre no YouTube, Facebook e Instagram, tem muito mais dicas.
      Já conhece nossos cursos? Todos orientados ao mercado de trabalho, ensinando como se é no dia a dia do trabalho.

      Como somos especialistas em jornalismo digital, a vc que tem blog muitos vão ajudar.

      Novidades no treinamento:

      – Pré inscrição com desconto acontecendo para lançamento do curso no próximo mês: Como escrever textos jornalísticos para web da forma correta.
      http://academiadojornalista.com.br/cursos-para-jornalistas/como-escrever-textos-para-web-da-forma-correta/

      – Mais completo do que a dica dada no artigo que voc leu, com o tema sobre como fazer entrevistas jornalísticas passo a passo: http://academiadojornalista.com.br/cursos-para-jornalistas/como-fazer-uma-entrevista-jornalistica/

      – Como fazer uma notícia/reportagem de sucesso: http://academiadojornalista.com.br/cursos-para-jornalistas/como-fazer-uma-noticia-ou-reportagem-de-sucesso/

      – Aula ao vivo/online de como fazer uma pauta jornalística passo a passo (2h de aula com certificado e material). Inscrições por 50,00 até dia 8/6. Restam pouquíssimas vagas: http://academiadojornalista.com.br/cursos-para-jornalistas/como-fazer-uma-pauta-jornalistica-passo-a-passo/

      Se quiser fechar mais de um, no qual lhe traz conhecimento completo e mais capacitação ao seu perfil profissional, fazemos descontos.

      Tem mais coisa vindo por aí: Confira em http://academiadojornalista.com.br/cursos-para-jornalistas/

      Chama no inbox do Facebook ou direct do Instagram, no qual nossas atendentes respondem com mais agilidade a sua necessidade.

      Um forte abraço e parabéns por não querer ser mais um, e busca por qualificações para o seu perfil.
      Até a próxima pauta ou aula.

      Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*