Diferença entre Texto Impresso e Digital

Tempo de leitura: 3 minutos

Os textos jornalísticos são elaborados com características específicas para atender seu público-alvo. Cada nicho de leitores precisa ser atendido quanto às necessidades de informação a serem supridas. Para entender melhor como funciona a elaboração de textos jornalísticos, vamos descrever a seguir, a diferença entre texto impresso e digital.

CLIQUE e inscreva-se no canal: LINK

Características do texto impresso

As matérias de jornais e revistas são produzidas para leitores que buscam informações mais detalhadas sobre notícias já vistas anteriormente de modo breve.

Por exemplo: o leitor viu em algum veículo de comunicação, uma notícia sobre um crime.

Nesta matéria havia um título e um lead que prendeu sua atenção. Posteriormente, o leitor retorna a buscar pela mesma notícia em um veículo impresso, para localizar mais informações sobre o assunto.

No material impresso há mais conteúdo, porque são aproveitados detalhes que foram localizados durante a apuração completa.

Algumas informações podem ter ficado de fora da publicação inicial da notícia, devido a necessidade de ser uma breve escrita, além de ser postado com rapidez para não perder o furo jornalístico.

Dentro do público de textos impressos estão as pessoas que prezam pelo método tradicional de publicação.

Há também os leitores de classes que tem menos acesso a mídias digitais, e mantém o interesse em jornais por identificação com o modo de abordagem da escrita.

Uma boa ilustração deste público são os leitores do Jornal O Globo – RJ (jornalismo tradicional), que visam à credibilidade e histórico do veículo; e do Jornal Meia Hora – RJ (jornalismo popular), por sua linguagem mais informal, que atende classes de menor renda.

Características do texto digital

O leitor de textos digitais busca por informações a serem consumidas em poucos minutos.

Com a internet, a divulgação de notícias se tornou algo quase que imediato, sem a necessidade de esperar o final da apuração para publicar a matéria.

Os textos digitais podem ser atualizados constantemente, o que também é uma vantagem apreciada pelo público.

Em matérias digitais, é necessário que o jornalista priorize frases curtas e simples, para melhor compreensão.

Além disso, é importante o uso de hiperlinks, que façam o leitor transitar por temas similares ou complementares.

Os parágrafos criados para este formato devem atuar de modo independente.

Ou seja, se o leitor ler em qualquer parte do texto, é ideal que seja compreensível, sem depender de algo do parágrafo anterior ou posterior.

Diferença entre Texto Impresso e Digital

Diferença entre texto impresso e digital

A interação entre o leitor e o autor, é algo que o público tem valorizado cada dia mais.

Por isso, o texto impresso pode ter perdido uma parcela de leitores, já que não é possível uma aproximação imediata neste formato, uma diferença entre texto impresso e digital bastante pontual.

Já no texto digital, é possível compartilhar, sugerir e criticar o conteúdo, tudo em um mesmo espaço.

Outro ponto que diferencia estes dois tipos de texto, é a linguagem de escrita utilizada em cada um.

No impresso, a escrita tende a ser mais formal, e no modo digital, um modelo mais informal, que soa como uma conversa com o leitor.

A formatação da matéria também apresenta características distintas.

No impresso, há pouco espaço físico, o que faz a fonte do texto ser menor para garantir que não deixe nenhuma informação importante de fora da publicação.

Já na apresentação digital, o espaçamento entre as linhas e as fontes maiores são aproveitadas para tornar a leitura mais dinâmica.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*