4 Erros que Você não Pode Cometer no Texto Jornalístico

Tempo de leitura: 3 minutos

A elaboração de um texto jornalístico depende de determinados fatores para que seja considerado confiável. Por isso, é importante que o Jornalista tenha cuidado durante o processo de produção de matérias jornalísticas, para fugir dos erros que comprometem a credibilidade da notícia.Dentro da uma elaboração de um texto jornalístico existem muitos detalhes, porém 4 erros que devem ser evitados durante a criação do texto jornalístico, com estas dicas que vamos colaborar para os acertos, será mais fácil corrigir hábitos de escrita, e pensar em novas formas de transcrever o material apurado.

Texto Jornalístico

4 Erros que Você não Pode Cometer no Texto Jornalístico

1. Fugir do tema central da matéria jornalística

Quando estudamos a pauta do que iremos trabalhar, é comum que o Jornalista consiga captar mais informação do que ele realmente irá usar. Diante disso, há o risco de detalhar demais o assunto abordado, e acabar incluindo dados que fogem do foco principal do texto jornalístico em questão.

Para evitar nariz de cera, com partes desnecessárias, é importante que o jornalista faça um filtro das informações apuradas, para definir as informações primárias e as secundárias.

Levando em conta se o texto escrito está baseado nos interesses da palavra chave foco definida. Isto pode ser feito de acordo com as perguntas que o lide da matéria deve responder.

Se quiser saber mais o que é palavra foco leia: Como conseguir melhores resultados com SEO para Jornalistas.

2. Cometer erros gramaticais

A escrita de um jornalista deve ser impecável. Diante dessa necessidade, é fundamental que não ocorram erros gramaticais nos textos jornalísticos. Isso porque uma grafia incorreta pode comprometer o sentido da palavra que foi empregada, além de comprometer a credibilidade do conteúdo da matéria jornalística.

Procure ficar atento aos termos que o Word ou mesmo os navegadores de internet, vier a grifar com uma linha vermelha. Observe também as frases mais longas, que podem perder o sentido. Duas frases curtas podem ser mais fáceis de compreender, no lugar do emprego de algumas vírgulas.

3. Emprego de opinião pessoal

Deixar a opinião pessoal de lado é uma das tarefas mais difíceis para o jornalista. Quanto mais afinidade com o tema, mais complicado é descrever o assunto sem um olhar profissional. Busquem focar nas fontes, para ilustrar o conteúdo jornalístico, elas que na entrevista devem achar ou não achar alguma coisa.

É importante lembrar que sempre há mais de uma opinião sobre um determinado assunto. Busquem explorar os dois lados da moeda, para que o leitor consiga criar sua própria opinião.

Para saber como explorar mais as fontes: Saiba como funciona a Lei das Três Fontes na Apuração Jornalística

4. Apuração incompleta da pauta jornalística

As notícias têm um tempo útil de vida muito curto, e precisam ser publicadas na maioria das vezes com caráter emergencial. Isso significa que o tempo para apurar é cada vez mais curto.

Ainda assim, é necessário que a apuração de conteúdo jornalístico seja contínua. Uma pauta apurada pela metade não informa, e prejudica a credibilidade do profissional.

Ainda que o deadline chegue, se o jornalista acha que ainda falta alguma coisa, deve continuar a pesquisar. Na internet, há o trunfo de editar conteúdo. Melhor prevenir, do que perder espaço para o concorrente que conseguiu mais informações.

Erros em textos jornalísticos são comuns e compreensíveis, diante da correria que as pautas jornalísticas precisam ser elaboradas e postas em prática. O importante é resolver todas as falhas antes do botão “publicar”. Fique atento, e sempre que possível, peça uma segunda opinião a um colega jornalista.

Tenha em mente a parte mais importante, quanto mais souber a linha de produção da elaboração de uma matéria jornalística, seja reportagem ou notícia, minimiza erros e ajuda na prática assertiva durante a rotina.

Modelo de Pauta para Jornalista

Baixe aqui o seu modelo de pauta e faça a diferença no seu trabalho.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*